Servidores da Segov participam de reunião do Compliance Público

 

Membros discutiram sobre a matriz de risco, além de ações e estratégias para 2021

Os servidores e membros do Programa de Compliance Público (PCP) da Secretaria do Governo (Segov) se reuniram, na manhã desta quarta-feira (24), para discutir sobre a aprovação da matriz de risco e definição de estratégias de ações para o ano de 2021. A ampliação na capacitação de servidores acerca do Compliance, a implantação das ações remanescentes, o monitoramento das novas recomendações à secretaria, além da avaliação dos impactos nos níveis de riscos foram alguns dos principais temas abordados.



Durante a reunião, o chefe de gabinete e membro do Comitê, Luis Antonio Siqueira de Paiva, determinou que os servidores das respectivas gerências devem participar dos cursos de atualização e qualificação em Compliance. Diante da determinação, ficou definido que a Comunicação Setorial, em parceria com a Gerência de Gestão Institucional, intensificará a divulgação dos cursos ofertados pela Escola de Governo.

Na ocasião, o secretário-geral do Comitê, Caio Almeida, apresentou as ações implementadas na Secretaria do Governo durante o último quadrimestre. Entre as principais ações para 2021, estão a divulgação periódica dos cursos ofertados pelo Executivo estadual, a revisão periódica da matriz de riscos, além da realização de reuniões ordinárias, a cada última quarta-feira do mês.

Participaram do encontro os titulares do Comitê: o chefe de Gabinete, Luís Antônio Siqueira de Paiva; a chefe da Comunicação Setorial, Flávia Lelis; o superintendente de Articulação Política e Apoio Municipal, Renato Borges, além dos gerentes convidados Patrícia de Paula Domingos (Gerência da Secretaria Geral), Umbelino Vieira (Gerência de Gestão Institucional), Caio Almeida (Gerência de Tecnologia) e Gustavo Bueno (Gerência de Compras Governamentais).

O que é  – O Programa de Compliance Público (PCP) foi implementado em todos os órgãos estaduais, sob a coordenação da Controladoria-Geral do Estado (CGE). Trata-se de um mecanismo de controle e aprimoramento da administração pública, com base na atuação em quatro eixos: Transparência, Implantação da Gestão de Riscos, Responsabilização e Ética.
 

Comunicação Setorial da Secretaria de Estado do Governo (Segov)
www.governo.go.gov.br
Goiânia, 24 de fevereiro de 2021.

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.