Segov realiza reunião virtual do Compliance Público

Encontro reuniu cerca de 40 servidores públicos da pasta

Com o intuito de proporcionar uma discussão mais ampla acerca da ética no serviço público, a Secretaria de Estado do Governo (Segov) realizou, na manhã desta quinta-feira (19), uma reunião virtual sobre a importância do Compliance Público no Executivo estadual. Durante o encontro, os servidores debateram sobre as influências das heranças culturais e a necessidade de uma nova cultura organizacional na administração pública.

Na ocasião, o secretário de Compliance da Segov, Caio Amaral, explicou aos servidores a fase atual do compliance e detalhou os critérios de pontuação da Segov. Durante a reunião, foi exibido um vídeo sobre a Dinamarca, considerado o país mais honesto do mundo, onde a honestidade, a moral e a ética são retratadas como importantes pilares da cultura dinamarquesa.

Servidora há 43 anos, Paule Simone Lopes, explica que a ética é um fator determinante para alcançar uma sociedade mais desenvolvida.“A ética é um valor primordial em nossas vidas, no serviço público e, principalmente, na política. Quando há ética, há confiança, bem-estar, valorização na relação entre pessoas e transparência na conduta dos governantes”, enfatizou .

Para o gerente da Gerência de Convênios da Segov, Hugo Costa, o debate acerca do tema contribui para a transformação da cultura atual do país. “A discussão, o debate e a evolução sobre ética são importantes para que possamos assistir uma breve modificação da cultura organizacional e comportamental dos servidores públicos e dos brasileiros como um todo”, destacou.

Ao final, os servidores da pasta discutiram sobre a necessidade de uma sociedade mais ética e a relevante contribuição das demais culturas para a consolidação de uma sociedade mais justa no Brasil. A reunião virtual é a terceira realizada pela Segov e finaliza a etapa do programa de Compliance Público do ano de 2020.


 

Comunicação Setorial da Secretaria de Estado do Governo (Segov)
www.governo.go.gov.br

Goiânia, 19 de novembro de 2020.

 

 

 

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.